domingo, 13 de maio de 2018

Greta Garbo - Rainha Cristina da Suécia

Ilust.


"... O nascimento de Cristina aconteceu durante um conjuntura astrológica rara que causou grande especulação sobre a influência que a criança, que se esperava que fosse um rapaz, teria na política mundial.[5] O rei já tinha tido duas filhas: uma princesa sem nome nascida em 1620 e depois a primeira princesa Cristina que nasceu em 1623 e morreu no ano seguinte.[6] Assim, havia grande expectativa quando a rainha Maria Leonor engravidou pela terceira vez em 1626, e o castelo encheu-se de gritos de alegria quando nasceu um bebé que primeiro se pensava ser um varão já que era peludo e chorava com uma voz forte e enrouquecida.[7] Na sua autobiografia, Cristina escreveu: "Espalhou-se um grande embaraço pelas mulheres quando descobriram o erro que tinham cometido." O rei ficou muito feliz, afirmando que "Vai ser esperta, já que nos enganou a todos!"[8] A sua mãe continuou indiferente à criança, desiludida por não ter um herdeiro varão. ..." (ler +)

Sem comentários:

Enviar um comentário